30 de nov de 2013

(meu?) calendário do advento

Eu só começo a pensar em Natal em dezembro, antes disso pra mim é pressa. Outubro então, como os shopping centers de SP fazem, já é desespero, talvez seja por isso que eu venda mal já que o tempo para engatar a lojinha pro fim de ano anda escasso.
Mas fiz meu primeiro calendário do advento, influenciada pelos pedidos das crianças e pelas freqüentes perguntas da sogra se já preparei ou não. Já que a cultura é empurrada e vamos lá, é bonitinho, pensei claro, em costurar uma árvore de natal em feltro com bolsos correspondentes a cada dia do calendário, mas ao passar por lojas diversas no dia-a-dia, vi a mesma árvore por preços de 6 euros a unidade!
Isso acaba com qualquer coração de artesão. Comprar uma pronta é mais barato que fazer uma com o coração.
De raiva, resolvi não pagar um centavo pelo meu calendário do advento e peguei tudo o que tinha:


A moldura foi pintada de preto há alguns anos para levar um pôster de um filme do 007 que ficava na minha sala, antes de eu rearranjar os móveis recentemente.
Ganchos ou prendedores decorados 
Barbante
Fitas ou fitas decoradas (washi tape) 
Papel craft
Adesivos ou carimbos numéricos

Os saquinhos de papel craft foram feitos da seguinte forma:
1 Dobrar ao meio de acordo com o espaço para pendurá-lo, trabalhei com 11 cm dobrado (pronto);
2 Dobrar as laterais em aproximadamente 1 cm;
3 Cortar as extremidades com tesoura zigue zague;
4 Colar as laterais;
5 Fechar e está pronto.

O barbante foi fixado no quadro naquele gancho que segura a imagem na moldura.



Ainda pretendia carimbar os dias mas descobri que meu joguinho de carimbos não inclui números, ele só tem o alfabeto e por isso, o meu calendário do advento não ficou 100% 'de graça', ou seja, de investimento zero, comprei então adesivos para marcar os dias nos saquinhos, mas ainda acho que economizei muito, uma vez que na mesma loja fui quase seduzida por saquinhos de papel craft prontos pra compra, fitas diversas de washi tape (visto que repeti as estampas das fitas decoradas nos saquinhos), entre outras coisas.




Para usar o que tinha, usei tanto ganchos com clipes como prendendores decorados, não tinha 24 unidades e então misturei mesmo.

Apesar das minhas crenças, acho muito importante permitir que eles sonhem.
É simples mas foi feito em casa e com o coração.
Os saquinhos serão recheados a cada dia, porque meu filho de 3 anos provavelmente vai comer as gostosuras dos próximos dias se elas estiverem lá.

19 de nov de 2013

almofada balinha

Toda vez que compro tecidos novos, a menina fica de cara feia porque faço algo pra loja ou até mesmo pra casa e não para ela de imediato com o novo tecido. Então, o jeito foi fazer uma pausa na produção das primeiras peças que irão para a minha lojinha e fazer algo para ela. 
Ao fuçar a minha caixa de pendências, achei três almofadas pedindo uma nova capa. Faz tempo que elas estão lá. Mas uma em especial com formato de rolinho tocou meu coração. Peguei ela sem pensar duas vezes para fazer mais uma almofada para a cama da minha filha, que não pode reclamar muito de conforto já que ela ganhou um monte de almofadas para sua cama nova há um tempo atrás.

Então, sem saber fazer como fechar uma capa para esta almofada, resolvi costurar uma capa simples,  de modo que ela se parecesse com uma bala, uma bala comprida, mas uma bala. Uma vez fiz um pacote de presente finalizado com um laço de renda, o que achei muito elegante e carinhoso. Tomara que seja mesmo, porque acabaram TODAS as minhas fitas de cetim, então o jeito foi fazer com essa renda aí mesmo.

Acho que consegui desfazer a cara feia. Pelo menos por um tempo. :)