2 de dez de 2018

irmā do meio e irmā mais nova

Terminando a trinca da família de bolsas nesse post, divido aqui as irmãs mais novas da bolsa de carteiro mostrada no último post do blog. O motivo de se fazer uma família de bolsas foi fazer uma para cada necessidade, usando assim o linho que encontrei pra me divertir nessa brincadeira.
O linho desta marca apresentava motivos diferentes em uma mesma linha de tons e textura, peguei três formando a minha família de bolsas: a irmã mais velha já mostrada aqui e eis a irmã do meio com mais detalhes...




A mochila nada mais é que uma versão mais combinada às suas irmãs da mochila que fiz no início deste ano. E agora um pouco mais de cachinhos da menina pra embelezar o post... :)









Ainda com traços tortos e sem muito domínio sobre o couro, me perdoo porque a vida também é imperfeita e mesmo assim linda.
E vamos à irmã mais nova:

Uma bolsa de viagem, compridinha, parece uma salsicha, eu sei, mas adoro ela assim!
A idéia de fazer essa bolsa foi pelo fato de que tenho muitos uniformes pra carregar pra trabalho já que trabalho num hotel e não dá pra eu, uma costureirinha, carregar isso tudo em sacolas, não é mesmo? Então, aumentei o grau de dificuldade e inspiração e consegui chegar nessa fofura abaixo:







Amanhã é dia de encher essa queridinha pra levar mais uniformes fresquinhos pro hotel: