4 de out de 2013

saquinhos de dormir

O outono chegou por aqui. Uma estação deliciosa. Mas com ele, chegam o novo ano escolar, uma nova rotina, uma nova temperatura e com ela, gripes e resfriados dos filhos. Tudo isso combinado a novos planos me afastaram recentemente da blogosfera. Meu cantinho criativo estava ali o tempo todo, me chamando. Mas já percebi que quando faço as coisas sem amor, dá tudo errado. A costura sai feia, o tecido não é suficiente, o corte fica errado.


Também fui pega pela energia negativa de uma crítica. O aniversário do meu filho foi há quase dois meses e uma pessoa que sempre me deu o maior apoio no meu 'trabalhinho' criticou o meu empenho em compor uma festinha tão decorada para uma criança que completava apenas 3 anos e não tinha noção daquilo tudo, diferente do aniversário da minha filha, que é mais velha. Para o ponto de vista dessa pessoa, aquilo tudo se tornava desnecessário, já que o menino é tão pequeno e só queria brincar e talvez comer um pedaço de bolo.


A crítica ainda não foi engolida, absorvida, processada. Me derrubou e fiz algo simples mesmo, nem dividi por aqui. Tudo o que criei pra festinha se tornou automaticamente descartável. Olhei para as minhas coisinhas e fiz esses saquinhos para aquecer as minhas 'netas'. Já tinha até feito antes, mas como minha filha tinha bonecas passando frio, como ela mesmo disse, precisei providenciar mais. E aos poucos volto às costurices, os pontos ficaram meio imperfeitos, viés dobrado, avesso vergonhoso pra quem ama costurar. É impressionante como a energia da gente reflete em tudo. Espero que o bichinho da arte me pegue de novo.















15 comentários :

  1. Oi Pri,
    Péssimo comentário... mas entendo como às vezes é difícil digerir algumas coisas.
    Acho que mesmo qdo a criança ainda está na barriga e fazemos "festa" (como chá de bebê por exemplo) tem um significado, que talvez algumas pessoas não entendam. Pode até ser que no momento os pequenos não percebam por conta da idade, mas certamente ao ver as fotos e lembranças vão saber que o qto foram amados. São pequenos gestos que fazem a diferença na vida das pessoas.

    Não se abale por isso... continue firme no seu lindo trabalho.
    Ah!! Não sei se você viu o post do meu porta-agulhas que minha mãe fez... achei a sua cara. Espero que sirva de inspiração para novas artes por aí. =)
    http://www.nomeuapartamento.blogspot.com.br/2013/10/mae-e-mae.html

    Fique com Deus e bom final de semana!!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  2. Levanta este nariz, dê um sorriso e volte no blog porque acho que a mensagem de hoje foi feita para você. E eu quero ver a festa do seu filho, ai se quero...

    ResponderExcluir
  3. Oi Pri, primeiramente: não de deixe abalar com um comentário maldoso. Sei que não é fácil, absorvemos e ficamos nos questionando o tempo todo. Lembre do lado bom: existem amigas blogueiras que amam seu cantinho, suas costurices e o jeitinho carinhoso e amoroso como trata seus filhos.
    Viés errado, corte torto, ponto estranho? Não sei da onde... tudo está lindo e tenho certeza que suas netinhas estão bem quentinhas e confortáveis nestes saquinhos.
    Obrigada pelo comentário lá no Eu mesma, era tudo que precisava ler. O que escrevo é bem aquilo que mencionou, sempre tratei meus escritos como uma história... ganhei meu dia.
    Beijos, amo seu blog.

    ResponderExcluir
  4. Olá Pri, será que essa pessoa que a criticou não tem tão só e simplesmente uma cultura diferente da sua? Brasileiro é muito festeiro...Olhe, eu jamais aceitaria essa critica: sempre tive festa desde pequena, quando não havia nada para se comprar nas lojas e minha mãe se virava com papel crêpe colorido. Fazia milagres, e hoje, quando vejo fotos desses festas que talvez realmente eu nem entendesse na época, me sinto uma privilegiada por ter tido todo aquele carinho de mãe.
    Sempre fiz para meus filhos, nunca nenhum aniversário deles passou sem comemoração.
    Não estamos falando de festas para cianças megalomanas à la Brasil, mas de comemorações lindas como a que sua filha teve.
    Tudo o que vc faz é com carinho e sai sempre muito bonito. Mesmo estes "saco-camas" para as netas. Que mãe perde tempo fazendo uns mimos desses? Bjs e não se deixe ir a baixo!

    ResponderExcluir
  5. Engraçado como algumas palavras podem mexer tanto com a gente.meu desejo é que você consiga"engolir esse sapo" e volte a costurar com prazer e alegria.seus trabalhos são lindos e gosto muito do seu jeito de escrever.

    ResponderExcluir
  6. Oi Pri! Entendo sua situação. Já tive isso, inclusive, na família por aqui. Eu disse que se acha demais, não venha.
    O trabalho é meu, quem gasta sou eu, quem arruma depois sou eu, então se não serve somente vir como " Gast ou Besuch" e curtir a festa, não venha, não é mesmo?
    Mas entendo sim, pois fiquei dias chateada. Mas vi o lado bom da coisa, que a maioria curtiu e as crianças também! Não faço festa tão cheia de coisas, como no Brasil, mas tenho prazer de mostrar pra minhas filhas que festejei, literalmente, cada ano com elas. Hoje minha mais velha tem 13 e faz questão de festejar em casa.
    Com esse seu carinho e amor no que faz, não deixa as más críticas te deixarem pra baixo, pois elas sempre irão existir. O que mais tem é gente invejosa, ou triste na vida. Cheias de conflitos internos e que não deixam a vida do outro em paz! Ou aquelas que imitam também! São pessoas sem brilho na vida! E você brilha!! E muito!
    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  7. Como tem gente insensível neste mundo... fala sério!
    Que recalcadaaaaa!!! #prontofalei rs

    Ué... eu tb não me lembro da minha festinha de 3 anos, mas gosto MUITO de ver as fotos, saber que aconteceu, ver quem esteve presente e perceber o carinho nos detalhes todos.

    Suas costurices são maravilhosas, e na boa... sério mesmo: não tô vendo nada de errado, torto e tals. Suas 'netinhas' agradecem!! rs
    Eu piro com as estampas dos tecidos daí! Lindos demais!!

    Ahh, sobre os filmes, confesso que tenho assistido muito em casa mesmo. Gosto muito deste aqui:
    http://www.omelhordatelona.biz/
    Inclusive, o F.Caboclo baixei daí... rs!

    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Priscila!!!
    Voltei hoje, saudades ! Tudo bem por aí?
    Primeiro: jamais, nunca e em tempo algum rs se deixa abalar por comentários assim.
    Sou a favor de fazermos tudo que temos vontade, desde que não prejudique alguém.
    No seu caso, só tentaram de prejudicar com uma crítica assim.
    Faça sempre o que gosta, o que te faz bem – e a sua família também - e o que sabe fazer bem também, suas artes! Não desanime por isso!!!
    As suas netas ganharam um presentão, ficaram lindos!
    Você queria era brincar de boneca também!
    Bjs e ótima semana...e muitas artes lindas por aqui!
    Que o tal bichinho da arte vire uma epidemia por aí!

    ResponderExcluir
  9. Que graça são suas "netas"! E tão bem aquecidinhas, ô vó caprichosa!
    Não liga prá esse palpite infeliz e volta a costurar que a gente adora ver o que vc apronta. Vc tem talento, bom gosto e capricho: precisa mais do quê??? Pedidos? Então tá: volta, volta, volta... "Pri, cadê você, eu vim aqui só prá te ver..."

    Bjks e ótima semana!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Faço minhas as palavras da Maria. Tenho filhos grandes e já fiz de superprodução a bolo na mesa da cozinha. Um não foi mais importante do que o outro. O que importa é o momento, a nossa motivação, o nosso carinho com os detalhes mais simples ou mais extravagantes! E tem dia que eu quero ser extravagante, dá licença? rsrs
    Pri, a sua energia é maravilhosa! Não permita que comentários assim a roubem de você (e de nós!).
    Para mim, que não costuro, os saquinhos ficaram lindos! Quem dera minhas "netas" tivessem uma "avó" prendada assim...
    Tenha uma linda semana!
    Rosa
    Le Paquet

    ResponderExcluir
  11. Seus trabalhos são lindos, parabéns!
    A festa deve ter sido linda, não se importe com esses comentários..
    Essas pessoas que criticam devem ter inveja!!!

    Te desejo uma linda semana!
    Já estou seguindo..

    Grande beijo, Nina
    http://ninabarbantes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Pri, as meninas já disseram o que penso. Porém, quero te dizer mais uma coisa: preste mais atenção aos elogio do que nas críticas ou observações desnecessárias, viu? A gente dá muito valor ao que nos tira o valor. Mas devemos mudar isto. Crítica é uma coisa boa, muitas vezes nos dá o norte que faltava. Porém muitas vezes é mais uma maldadedizinha com cara de "ajuda". Ignore. Também quero ver as fotos e achei uma pena você não ter usado o que tinha preparado. Ou entendi errado?
    Você já me ajudou muito, mesmo sem saber. Já usei várias dicas de web que você postou.
    Adoro teu blog e olho todo dia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Que estampas lindas!!! Adorei os saquinhos de dormir, não estão "defeituosos não", viu?! Defeituosa é a língua, ou dedinhos de quem não sabe ficar quieto na hora em que tem que ficar.
    Engraçado como uma coisa tão pequena pode afetar alguém. Não vou crucificar a pessoa que te magoou não, porque eu já fiz algo parecido, sem maldade, mas foi recebido muito mal. Até por esse motivo cancelei meu Facebook.
    Minha irmã e cunhado fizeram no final do ano passado uma festa de confraternização e durante a organização ela falou de comprar fogos de artifício, contratar grupo de samba, fazer a festa em dois dias com as pessoas dormindo no local (um sítio), futebol de sabão, pula-pula etc... Aí dei uma zoada no Face dizendo que ia ter até "bonecão do posto". Pra que? Nessa hora que temos que enrolar a língua defeituosa.
    Ela ficou sem falar comigo, nem me ligou no aniversário. Hoje está tudo bem, mas aprendi que uma coisa, as vezes pequena, pode virar uma enorme e magoar outras pessoas.
    Vou te dizer, ela cortou os fogos e o grupo de samba, não tenho certeza se foi por minha causa... Mas enfim... bola pra frente. Liga o fod... Falar vai ter sempre alguém pra falar mesmo. rsrsrs...


    Ah, mudando de assunto...
    Own! Que delícia Pri, adorei sua observação lá no blog. Aquele canto que você viu é especial.
    Pois é, já está vindo o Natal, o ano está correndo...
    Saudades, essa correria tem me deixado meio maluca, as pessoas a minha volta perguntam como consigo dar conta de tudo, encomendas, Miguel (que vale por 2), casa... Na verdade não sei. A gente vai levando, né? Você me entende, mas em algumas coisas a gente falha, uma delas é na visita às amigas, hehehe... Mas pode deixar que já estou correndo atrás.
    Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  14. Pri, eu tb acho aquilo que vc comentou sobre as doenças. Temos em nossa cidade eum excelente oncologista, especialista em câncer de mama (minha foi operado por ele). E ele dá palestras sobre o emocional, sobre bem estar, sobre ter objetivos, planos. Prega que tudo está envolvido. Como duvidar dele? Acho que pensamos certinho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Priscila,
    Obrigada!
    Sempre coloco na loja, embora seja personalizado, fica a referência!
    As férias foram só do marido, e não parei.
    Aproveitamos para fazer algumas coisas em casa, mas nada de descanso rs
    bjs

    Está fazendo artes por aí,né?

    ResponderExcluir

Obrigada por costurar seu comentário aqui no bloguinho! ♥
Perguntas são respondidas no seu blog.