29 de abr de 2016

ana maria

Ana Maria foi uma boneca que a menina ganhou aos 5 anos da tia, a maior companheira da sua infância. Foi à praia conosco, viajou de avião, caminhão, estava sempre na cesta frontal da bicicleta. Infelizmente, Ana Maria se foi. Com as reformas que fizemos em casa no início do ano, muito foi jogado fora e a menina que vai completar 12 anos, escondia a boneca quando as amigas vinham aqui para não pensarem que ela ainda brinca de boneca! Num desses momentos, meu marido levou a boneca por engano, então apenas escondida para ela, para doar para outras crianças com outros brinquedos velhos menos significativos e livros. Assim se foi pra sempre a Ana Maria:


Nunca achei que fosse uma solução. Nunca costurei uma boneca, mas fiz uma pra explicar que ela não voltaria, não dava mais pra mentir toda vez que ela perguntava. A menina chorou 4 dias quando soube e quando lembra dela, as lágrimas são instantâneas. Ao receber, ela me abraçou e minutos depois estava lendo na varanda com a nova Ana Maria no colo, que não foi feita pra substituir, mas pra lembrar que lindos momentos foram vividos juntas.

















♥ Fiz um 'umbigo feio' por me lembrar que uma boneca de pano que minha irmã ganhou que tinha um umbigo parecido.
♥ A flor do cabelo era parte de uma camiseta usada pela menina aos 9 anos. Reaproveitei a flor depois de quase 2 anos guardada pra costurar alguma coisa com ela.
♥ Fiz questão de fazer uma boneca que usa calcinha e sutiã, mocinha como a dona dela.
♥ Não sei costurar pé de boneca, então fiz esse sapato. Tanto não sei que só depois de pronto percebi que esqueci de fazer a sola do sapato, ou seja, atrás está apenas o tecido com a cor da pele da boneca.



5 comentários :

  1. Apaixonada pela história, pela Ana Maria e principalmente pela sua pequena que ainda carrega uma boneca nos braços. =)
    Beijos e bom final de semana!!

    ResponderExcluir
  2. A boneca ficou linda, nasceu do seu coração! Linda motivação para fazer a Ana Maria. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Pri, não vou dizer de qual Ana Maria gosto mais, pois a primeira é a primeira, única e original. Mas esta nova Ana Maria, que nasceu da sua cabeça está linda, colorida e com detalhes imprescindíveis que acompanham o crescimento da sua filha. Adorei os pormenores do umbigo e da roupa interior! Os sapatinhos estão um must, afinal nem todos os sapatos precisam ser Louboutin de sola vermelha rsrsrs. Tenho certeza que esta Ana renovada ainda terá muita história para contar. Bjs e boa semana

    ResponderExcluir
  4. Que a menina não me ouça, mas essa Ana Maria é mais linda ainda! Não veio substituir, veio agregar. É muito amor!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por costurar seu comentário aqui no bloguinho! ♥
Perguntas são respondidas no seu blog.